Buscar
  • Andrei Moscheto

A triste briga entre elefantes


Eu tenho uma imagem que me acompanha, algo que aprendi – acho – nos tempos de ensino médio, não sei se por um professor, num livro, num gibi. Segundo o dicionário Oxford de Referência é um provérbio africano, que sempre achei pertinente:

“Em briga de elefantes quem se machuca é a grama”.

Guerras são eventos absurdos demais para qualquer ser humano com racionalidade e empatia entender.

Usando outra citação, agora de Eduardo Galeano:

“Nenhuma guerra tem a honestidade de confessar: eu mato para roubar”

Pelos próximos dias, veremos novamente uma briga de elefantes. Os jornais falarão os nomes desses paquidermes, raramente saberemos o nome da grama. Talvez uma foto ou outra, mais dramática, estampada em algum periódico, mas seus nomes não estarão conosco. Ouviremos falar muito mais destes elefantes porque sua briga é perto dos territórios de outros elefantes. Fica a falsa impressão que essa briga é mais terrível do que outras, sanguinárias, que ocorrem em outros gramados do mundo.

Se o seu intuito é pelo bem do jardim, você já faz esforços pelo fim de todas as guerras. Obrigado.

Andrei Moscheto

coordenador do Instituto Shukikan

Foto de Hani hakkam no Pexels

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo