• Wilson Sagae

A Vida de Tempu Nakamura (6)

Por Sawai Atsuhiro


RETORNANDO AO JAPÃO

Antes de voltar ao Japão, Saburo foi à terra, em Shangai, para uma troca de navios. Ali ele encontrou um de seus velhos amigos, o sr. Enza, embaixador japonês na China. O diplomata pediu a ele que fosse guarda-costas de Sun Wen, que então era o condutor da Revolução Silenciosa de Xinhai. Saburo concordou e mais tarde tornou-se o principal consultor de Sun Wen. Ele o acompanhou ao castelo de Tzu Chin Cheng.

Como recompensa por seus serviços ao grand elíder, Saburo recebeu uma grande quantidade de prata que ele levou da China ao Japão. Com esse capital, Saburo estabeleceu um banco e várias companhias em Tóquio. Ele fez sucesso no mundo dos negócios e acumulou uma grande fortuna.

Após vários anos atuando como líder dentro da comunidade de negócios japonesa, ele teve uma poderosa visão que ele estava para ensinar o que ele havia aprendido na Índia. Ele abandonou seu status social , negócios e sua fortuna. Com a idade de 43 anos, ele começou a ensinar suas idéias para o público. Isso foi em 8 de junho de 1919.


O VENTO DO CÉU

Saburo nomeou a si mesmo Tempu, “O Vento do Céu". Hara Takashi, que havia sido primeiro ministro do Japão, ouviu falar dele e foi assistir uma de suas palestras e ficou muito impressionado. Ele ajudou alguns dos estudantes de Nakamura Tempu Sensei a criar uma sociedade para dar suporte a Tempu Sensei e a seu trabalho. A sociedade foi chamada Toitsu Tetsuigakkai, ou “A Filosofia da Unidade e Sociedade de Pesquisas Médicas.” Mais tarde, o nome mudou para Tempu-kai, “A Sociedade Tempu.” Pessoas líderes em vários círculos sociais tornaram-se membros. E o estudo de Shinshin Toitsudo não ficou limitado a cidadãos japoneses.

A vida de Nakamura Tempu sensei, após seu retorno ao Japão, foi radicalmente diferente daquela que levava antes, pois ele passou a ter uma personalidade completamente diferente. Foi-se a violência da juventude substituída pela do maduro professor de meditação que de forma ampla abraçara a não violência.

Durante a II Grande Guerra, Tempu sensei foi uma das relativamente poucas pessoas que falou publicamente contra as atividades japonesas de Guerra. Apesar do fato de muitos líderes militares estarem entre seus alunos, e apesar do clima político no Japão, ele abertamente criticava o envolvimento de seu país na guerra. Como resultado da sua defesa de que o Japão deveria retirar-se da guerra, ele foi posto na prisão. Logo ele foi solto mas, sem medo, continuou a advogar a absoluta não violência nos campos pessoais e nos níveis políticos.

Logo que findou a II Guerra Mundial, Tempu Sensei foi convidado a falar sobre Shinshin Toitsudo no Quartel General das Forças Americanas de Ocupação. Isso pode parecer estranho mas a razão foi simples: Tempu Sensei havia salvo um piloto americano de ser morto por uma multidão de japoneses quando o oficial foi obrigado a fazer um pouso de emergência. Tampu Sensei também podia falar bem em inglês, pois havia estudado medicina na Universidade de Colúmbia.

Tempu Sensei estava muito feliz de ensinar o público do Quartel General. O milionário John Rockefeller III, que aconteceu de estar na platéia, ficou tão impressionado com o que Tempu Sensei tinha a dizer que o convidou a ensinar em seu Instituto Da Ciência da Vida, nos EUA. Ele disse: “Não importa quanto dinheiro você quer, eu o dou a você. Então, por favor, venha para a América!”

“Eu não quero dinheiro. Eu quero ensinar meu povo primeiro, então eu posso ir ao seu país,” Tempu sensei respondeu.

Tempu sensei nunca visitou os Estados Unidos para ensinar, mas depois de retornar da Índia, ele passou a advogar o estabelecimento da par e amizade entre as pessoas nos níveis locais e internacionais. Ele tinha mudado dramaticamente desde que fora o garoto violento, espião, soldado e homem moribundo.

Nakamura Tempu sensei ensinou por aproximadamente 50 anos. Ele gradualmente desenvolveu um detalhado sistema de exercícios e princípios de unificação de mente e corpo que envolvia seus aprendizado e realização na Índia. Seus ensinamentos ajudaram e transformaram a vida de muitas pessoas

Algo em torno de um milhão de pessoas tornaram-se membros da Sociedade Tempu enquanto esteve vivo. De qualquer forma, Tempu sensei nunca fez propaganda da Sociedade. Ele quis dividir o Caminho do Universo com as pessoas que ele encontrou no curso de sua evolução espiritual e destino. Nakamura Tempu sensei faleceu e retornou ao espírito universal em 1968. Ele tinha 92 anos de idade.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

A Vida de Tempu Nakamura (5)

Depois de alguns dias, Saburou notou que era capaz de ouvir cigarras trinando, o som do vento tocando a folhagem, e mesmo o uivo de uma pantera e de um lobo no fundo da floresta. Feliz, ele contou tud

A Vida de Tempu Nakamura (4)

Por Sawai Atsuhiro PRIMEIROS PASSOS NO CAMINHO Enfim Saburo começou seus treinos em yoga. O mais importante passo foi aprender como realizar kumbhaka, um estado psicofísico que era dito estava relacio