Sobre a aula de hoje - dia 06 de fevereiro de 2020

Desculpem a publicação deste diário, mas só assim vou me lembrar de coisas que estou pensando esta semana, este mês na prática de Ki Aikido:


- Para a aula matinal (ou para todas as aulas?) o uso de uma sequência forte de calistenia ajuda na concentração e na disponibilidade do corpo dos alunos pelo restante da aula. Assim, para as suas práticas marciais, os alunos melhoram as possibilidades do corpo para poderem ampliar suas técnicas de Ki Aikido no que, espero, seja um ciclo virtuoso.


- A compreensão das linhas dos membros superiores como ponto pedagógico a ser ensinado ajuda o aluno a compreender mais conceitos com menos informações complexas. Em nossa tentativa de deixar a informação mais detalhada possível para o aluno nós, os professores, nos perdemos no prazer do discurso e não oferecemos as ferramentas básicas para que o aluno possa realizar os movimentos com o máximo de simplicidade.


- Técnicas que abertura, como San-kiyo, podem provocar a tendência do aluno aplicar movimentos mais vigorosos nos momentos de dor, em vez de manter uma estabilidade para que o movimento seja aplicado desde o momento zero.


- Terminar uma aula com uma canção idiota pode ser divertido, mas será que meus alunos perderam todo o conteúdo da aula porque lembrei da música do gato Tico?




24 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

A Vida de Tempu Nakamura (6)

Por Sawai Atsuhiro RETORNANDO AO JAPÃO Antes de voltar ao Japão, Saburo foi à terra, em Shangai, para uma troca de navios. Ali ele encontrou um de seus velhos amigos, o sr. Enza, embaixador japonês na

A Vida de Tempu Nakamura (5)

Depois de alguns dias, Saburou notou que era capaz de ouvir cigarras trinando, o som do vento tocando a folhagem, e mesmo o uivo de uma pantera e de um lobo no fundo da floresta. Feliz, ele contou tud